FOLIO 2017, Óbidos

Festival Literário

De 19 a 29 de Outubro

Programação:

FOLIO MAIS
COORDENADOR: José Pinho

No FOLIO MAIS a Língua – Bienal de Expressividades Criativas da Língua, Portuguesa – Brasil/Portugal 2018 – uma iniciativa da Associação Portugal Genial presidida por Carlos Coelho. Uma bienal sem papas na língua com o objectivo de fazer pontes “linguaristicas” entre os países irmãos de língua.
Uma convocatória a todos os amantes da Língua para a criação de novas relações entre a cultura e a economia neste grande espaço línguofono.

Lança-se uma GRANTA FOLIO na festa literária de Outubro em Óbidos. Um dos muitos momentos de programação que terão lugar na Casa Tinta-da-China que promete muita animação – música, conversas, apresentações de livros, tertúlias e a presença de muitos convidados especiais – ao longo de todo o festival.

Contra-revoluções, “Os Serviços Secretos e a Revolução” e a “Revolução Islâmica” serão outros dos temas em debate no FOLIO MAIS.

Haverá também lançamentos de livros como o “Na vanguarda da luta armada” de Isabel Carmo e a Reedição “O Mal” de Paulo José Miranda. E ainda uma incursão na revolução tecnológica na forma de escrever através da
presença de Henrique Monteiro e Pedro Norton do blog “Escrever é Triste”.

O festival já conta com 14 nacionalidades para a sua terceira edição e estarão representados os cinco continentes do globo.

De 19 a 29 de Outubro haverá várias surpresas mas também algumas certezas a que o FOLIO já nos habituou. Os concertos serão produzidos exclusivamente ou terão estreia absoluta no FOLIO, os cursos e debates serão
oportunidades únicas de partilha de conhecimento, as ilustrações vão encher a vila de cor e os autores trarão as suas melhores palavras até Óbidos.

FOLIO 2017, Festival Internacional Literário de Óbidos, ambiente noturno, Goobidos, o teu Guia Turístico Local

FOLIO Educa
CURADORIA: Maria José Vitorino

FOLIO EDUCA debate literatura, educação e leitura. Oferece muitos debates, workshops e outras iniciativas sobre novos leitores de educação e educadores, bibliotecas e o papel da escola através do processo de aprendizagem e melhoria das habilidades de alfabetização.

Este ano, apresentaremos o 3º Seminário Internacional, que inclui alguns dos nomes mais importantes na Educação. Os participantes habituais são professores, bibliotecários, mediadores de leitura, bibliotecários públicos, diretores de escolas, pesquisadores e decisores políticos de educação.

SEMINÁRIO INTERNACIONAL FOLIO EDUCA, 20-22 de outubro – palestrantes já confirmados:

João Costa (Portugal) Secretário de Estado da Educação do Governo Nacional, também especialista em Literatura (Universidade Nova de Lisboa)

Teresa Calçada (Portugal) Coordenadora Nacional do Plano de Leitura

Manuela Silva (Portugal), Coordenadora da Rede Nacional de Bibliotecas Escolares da RBE

Maria Helena Melim Borges (Portugal) – Fundação Gulbenkian Diretor do Departamento de Literatura e Cultura Portuguesa

Maria Emília Brederode (Portugal) Presidente do Conselho Nacional de Educação

Maria Antonia Moreno Mulas (Espanha) Fundação alemã Sanchez Ruipèrez

James Henri (Austrália) especialista em Bibliotecas Escolares e Educação, desenvolvendo projetos dedicados à leitura, às aprendizagens e às bibliotecas escolares na China e no Sudeste Asiático; Jordi Permanyer Bastardas, (Espanha, Catalunha) bibliotecário. Diretor dos Serviços da Deputación de Barcelona desde 2008. Destaca-se pela sua visão arrojada das bibliotecas públicas e por ações desenvolvidas na sua promoção; Katy Manck (EUA. Texas). Presidente da IASL Associação internacional de biblioteconomia Escolar. Bibliotecária.

Jordi Permanyer Bastardas, (Espanha, Catalunha);

Katy Manck (EUA, Texas);

Donatella Lombello (Itália). Professora da Universidade de Pádua. Especialista em Literatura para a Infância, com larga intervenção pelo desenvolvimento da leitura e das bibliotecas em Itália.

Edgardo Civallero (Espanha). Bibliotecário, investigador, professor, escritor, editor, designer, músico, ativista. Apresenta-se a si mesmo como “especialista em povos originários, sons ameaçados, acesso aberto e classificação do conhecimento”. De origem argentina, a viver atualmente em Madrid, destaca-se pela sua intervenção sobre tradição oral e comunidades indígenas e minorias, e a história não europeia do livro. Participa
regularmente em publicações online, de diversas regiões – Espanha, Ecuador, Argentina, Bolívia, Chile. Membro da Progressive Librarians Guild.

Sandie Mourão (Portugal). Autora. Formadora de professores de inglês, freelance. Especialista em educação na primeira infância, considera que os livros de imagens (picture books) e o brincar livremente são essenciais para aprender línguas, e defende o bilinguismo na escola. Publica um blog de referência e participa regularmente em conferências em todo o mundo. Em 2016, recebeu o Prémio English Language da ESU English Speaking Union pela sua obra Dex, co-autoria com Claire Medwell, ed. Macmillan Education.

FOLIO Ilustra
CURADORIA: Mafalda Milhões

Óbidos encher-se-á novamente de cores com o FOLIO ILUSTRA, com vários ilustradores nacionais e internacionais que trazem as imagens necessárias à literatura.

FOLIO Folia
A FOLIA trará de novo a festa a Óbidos Vila Literária com onze dias de concertos, exposições, teatro e outras iniciativas. Tudo exclusivos ou estreias FOLIO.

Na música destacam-se nomes como:
– Rodrigo Leão, que apresentará uma nova versão, com estreia no FOLIO, do espectáculo “A Vida Secreta das Máquinas”
– a estreia em Portugal do novo espectáculo de Maria João com a leitura musical da obra do autor brasileiro Aldir Blanc – numa homenagem à revolução da palavra, do texto poético e cantado;
– Aldina Duarte com a participação especial de Carlão
– Vitorino e Chullage
– Norberto Lobo e Cante Alentejano
– Stereossauro e um Grupo de Cantadeiras
– Luis Pastor com um concerto com canções de intervenção

e muitos outros momentos musicais ímpares que pretendem invadir o FOLIO com a revolução nos estilos e formatos a que nos habituámos e contaminar o público do festival com novas perspectivas que celebram tradição e modernidade num mesmo palco.

De Moçambique chegará “O Aceitador do Medo” – a maior exposição individual em Museu do artista Gonçalo Mabunda – um dos nomes com maior rasgo e relevância na cena artística internacional. Mabunda, que já viu a
sua obra exposta em prestigiados espaços como o Museum Kunst Palast (Dusseldorf) Hayward Gallery (London), Pompidou (Paris), Mori Art Museum (Tokyo) ou a Johannesburg Art Gallery (Johannesburg) destaca-se pelas suas esculturas construídas com arsenal bélico desactivado do conflito que dividiu Moçambique durante 16 anos.

Da Rússia um concerto no âmbito do projecto” Embaixadores da Arte”, organizado pela Representação em Portugal da Agência Federal Russa para a Cooperação Cultural e a Casa da Música de São Petersburgo; cinema com “O Couraçado Potemkine” e “Outubro” de Serguei Eisenstein e ainda teatro experimental com a peça “A Pança”, baseada no livro Os Três Gordos do escritor russo Iúri Olecha.

E a contínua celebração de Saramago, este ano com o destaque para os 35 anos do Memorial do Convento com o espectáculo de rua SETE LUAS – uma produção criada de raiz por Pedro Giestas para o FOLIO. Uma
performance que animará as ruas de Óbidos durante os onze dias do FOLIO com a participação de actores profissionais e a comunidade local.

Contamos também com Gonçalo M. Tavares que estará no FOLIO para lecionar um curso de 12 horas distribuídos por dois dias, sobre: Revolução tecnológica e outros temas – Poder, política e pelo contrário – curso de literatura, artes e cultura contemporânea ou Ana Paula Laborinho a contar-nos mais sobre Camilo Pessanha.

Na programação desenvolvida pelo CLEPUL o FOLIO conta com o Professor Ernesto Rodrigues com a triologia António Nobre – Camilo Pessanha – Raul Brandão. E ainda um debate sobre “Onde, quando e como começa a
recepção mundial de Cervantes”. Por último, destacamos o debate com Sandra Patrício, Isabel Lousada e Fátima Mariano a partilhar quem foram Cláudia de Campos, Mercedes Blasco e Adelaide Cabete – três autoras
feministas do séc XIX. Também Dionísio Vila Maior fará uma conferência sobre Futurismo.

FOLIO Autores
CANADÁ (Festival Littéraire International de Montréal – Metropolis Bleu)
Anaïs Barbeau-Lavalette
Joseph Boyde
Rosemary Sullivan
Patrice Lessard

CROÁCIA (Sociedade de Escritores Croatas)
Sibila Petlevski
Ivana Bodrozic

BRASIL
Raduan Nassar
Milton Hatoum
Tati Bernardi
António Prata

FRANÇA
Laurent Binet
Maylis de Kerangal

HUNGRIA
Viktor Sebestyen

PORTUGAL
Valter Hugo Mãe
Mário de Carvalho
Dulce Maria Cardoso
Carlos Querido
Mário Cláudio
Anabela Mota Ribeiro
Vitor Milhazes e outros autores que integrarão a programação da Fundação Francisco Manuel dos Santos

COLOMBIA
Jerónimo Pizarro
Plínio Apuleyo Mendoza

ESPANHA
Fernando Aramburu
Dolores Redondo
J. A. González Sainz
César António Molina
Juan Manuel Bonet

ARGENTINA
Mempo Giardinelli

E muitos outros autores ainda que integrarão as mesas da festa literária.

Fonte: Óbidos Vila Literária

FOLIO 2017, Festival Internacional Literário de Óbidos, Ricardo Araújo Pereira e António Prata Goobidos, o teu Guia Turístico Local

Óbidos 2510 Leiria PT
Obter direcções
de 19 a 29 de Outubro

Recebe as nossas Dicas, Notícias e Descontos em Óbidos

* campos obrigatórios