Convento de São Miguel, Gaeiras

O Convento de São Miguel, Gaeiras, faz parte ainda o concelho de Óbidos, fazendo fronteira com o concelho vizinho de Caldas da Rainha. O património foi edificado pelo Cardeal D. Henrique com a autorização do papa Pio V (Antonio Ghislieri, Michele, nascido em Milão, Itália). Diz que  tudo começou no ano de 1569, na Lagoa de Óbidos, […]

O Convento de São Miguel, Gaeiras, faz parte ainda o concelho de Óbidos, fazendo fronteira com o concelho vizinho de Caldas da Rainha.

O património foi edificado pelo Cardeal D. Henrique com a autorização do papa Pio V (Antonio Ghislieri, Michele, nascido em Milão, Itália). Diz que  tudo começou no ano de 1569, na Lagoa de Óbidos, num lugar que ainda hoje ainda existe e tem como nome Arelho, quando o Cardeal e o Frei Damião da Torre seguiam para Alcobaça de passagem, fundando assim o convento de São Miguel de Trás do Outeiro. Entretanto, o local onde estava edificado tornou-se inabitável e insalubre.

Convento de São Miguel, Gaeiras, fachada, Goóbidos, o teu Guia Turístico Local

Anos depois em 1602, o convento foi refundado nas Gaeiras, perto de Óbidos, agora por D. Dinis de Lencastre (alcaide de Óbidos) e  sua mulher D. Isabel Henriques. A obra foi continuada pelo filho dos dois – D. Afonso de Lencastre, para cujo local havia sido adquirida uma terra na Quinta de Vale de Flores.

A obra que não tinha sido acabada à época de 1740, recebeu a visita do D. João V, famoso rei ligado à cidade vizinha das Caldas da Rainha (o rei fez, nada mais nem  menos que 13 tratamentos nas águas termais da cidade) e que em viagem a Óbidos, passa pelo Convento das Gaeiras, e doou oitocentos mil réis para que a igreja fosse finalizada.

O encerramento definitivo deu-se em 1834, no âmbito da “Reforma geral eclesiástica” onde foram extintos todos os conventos, mosteiros, colégios, hospícios e casas  de todas as ordens religiosas, ficando as de religiosas, sujeitas aos respectivos bispos, até à morte da última freira.

O convento foi então vendido à família Gama que foi a proprietária durante algum tempo. Após algumas décadas, o Convento de São Miguel passou para a Câmara Municipal de Óbidos onde se manteve até 1994. Foi então a Associação de Municípios do Oeste, que reabilitou o edifício em 1998…

Convento de São Miguel, Gaeiras, Óbidos, Goóbidos, o teu Guia Turístico Local