Património Religioso, Óbidos

Muitos e bons tesouros!
Prox1 of 10Ant

Património Religioso – A história de Óbidos

A fantástica história de Óbidos é feita de povos remotos, fenícios, romanos, conquistas, castelos, réis e rainhas.

Desde os tempos do Neolítico que povos se instalaram aqui à beira mar para fazer a sua vida e para escrever a sua história.

Assim se verifica através do castro Celtibero de Outeiro da Assenta.

Depois aqui estabeleceram comércios os fenícios e os romanos edificaram a cidade de Eburobrittium, onde nos dias de hoje perduram algumas ruínas.

Houve depois um largo período onde estas terras foram ocupadas pelos árabes, isso até ao dia 11 de janeiro de 1148 quando o primeiro rei português conquistou o castelo de Óbidos!

Até ao ano de 1834 (ano em que foi extinta) a vila de Óbidos foi pertença da “Casa das Rainhas” e claro serviu de local de passagem para a maioria das rainhas portuguesas.

Esta tradição teve início quando o rei D. Dinis (1279-1325) – O Lavrador ofereceu como dote a vila à sua mulher D. Isabel.

Outros impactos importantes de referir na história mais recente da Vila de Óbidos serão o terramoto de Lisboa de 1775 e a reunião preparatória que deu origem à Revolta dos Cravos – 25 de Abril, que ditou a queda do regime ditatorial português em 1974.

Património religioso de Óbidos, Goóbidos, o teu Guia Turístico Local

Prox1 of 10Ant